De acordo com o CEO da companhia aérea, Shai Weiss, a ideia é dobrar o número de operações intercontinentais a partir do hub de Heathrow