Por determinação da Easa, Agência Europeia de Segurança da Aviação da União Européia, estão proibidos todos os Boeings 737 Max 8 e 9 em seu espaço aéreo