Ucrânia quer Chernobyl na rota de turistas internacionais; confira

A Ucrânia quer mais turistas visitando Chernobyl. O presidente do país, Volodymyr Zelenskiy, decretou a criação de mais rotas turísticas para melhorar o acesso e tornar a área, centro de um acidente em uma usina nuclear em 1986, um chamariz de turistas.

O governo ucraniano, em parceria com outros países europeus, concluiu a construção de uma cúpula de metal envolvendo o reator nuclear que explodiu há 33 anos, espalhando radiação por diversos países, isolando o local e evitando que se espalhasse mais.

os planos para incentivar o turismo em Chernobyl previstos pelo presidente Zelenskiy incluem ainda a criação de um “corredor verde” no entorno da usina nuclear que foi o epicentro do acidente, além de aprimorar o sinal de telefonia para os usuários acessarem as redes sociais.

A doma de metal que envolve o reator 4 que explodiu e causou o desastre de Chernobyl
A doma de metal que envolve o reator 4 que explodiu e causou o desastre de Chernobyl

A passagem de grupos de turistas em certas áreas de Chernobyl não é novidade. Algumas empresas realizam tours nas regiões próximas e na vila abandonada de Pripyat, que permanece contaminada de radiação.

Essa movimentação de turistas, de acordo com o líder ucraniano, gera atividades clandestinas como subornos para oficiais permitirem visitações em área fechadas ou coletas de metal e outros materiais no local.

“Vamos, finalmente, parar de afugentar os turistas e tornar a zona de exclusão em um ímã turístico, tornando-a uma terra de liberdade que se tornará o símbolo da nova Ucrânia, sem corrupção e sem proibições desnecessárias”, afirmou o presidente Zelenskiy.


Leia Também:

Setur-RN apresenta potencial turístico do estado para chineses
Road Show “Isto é Mato Grosso do Sul” passa por cinco cidades de SP
Municípios amazonenses são contemplados com ação Investe Turismo

O post Ucrânia quer Chernobyl na rota de turistas internacionais; confira apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.