Sorvete ou Gelato

O sorvete é uma criação com origem chinesa há mais de 3 mil anos que caiu no gosto popular e hoje é consumido por pessoas de todo o mundo – seja em dias mais quentes, amenos e até os mais frios para quem não abre mão de desfrutar desse prazer!

Por ter alcançado países com culturas e costumes diferentes, podemos encontrar diferentes receitas de sorvete da primeira versão (composta por gema de ovo, frutas, mel e neve).

Essas variações têm características próprias, portanto, não são só ingredientes diferentes. Os sorvetes têm formas de preparação, texturas e sabores muito distintos!

Entendemos então que o sorvete e o gelato são sim opções de sobremesa diferentes. Quer entender como identificar quais são as particularidades de cada um para saber quando ir a sorveteria ou quando ir em busca de um gelato.

O que é um gelato?

A sobremesa conhecida como gelato, conhecida por alguns como sorvete gourmet, é uma especialidade artesanal italiana feita com ingredientes frescos, tendo como ingredientes base: água, leite, açúcar e componente do sabor escolhido.

É preciso ter o equilíbrio entre açúcar e água para que a textura do resultado final seja de fato um gelato. Por isso, cada receita para um sabor específico exige uma quantidade diferente de açúcar!

O gelato também é servido em temperatura diferente de sorvete e picolé que conhecemos (entre -12°C e -14°C), uma vez a ideia é permitir a degustação mais intensa do sabor por meio das papilas gustativas. Por isso, quando está sendo feito, o gelato é colocado aos poucos na mantecadora e ser mantido com certa distância do equipamento.

Por ser considerado um produto completo para alimentação (tendo proteínas, açúcares e leite), é possível até consumir gelato no café da manhã e não prejudicar sua saúde.

O que é o sorvete?

Os sorvetes têm a mesma base líquida que um gelato, tendo ingredientes lácteos (leite e creme de leite) e o crème anglaise – o qual é feito com ovos adicionados aos integrantes do sabor escolhido.

A diferença entre um sorvete de massa, ou até um sorvete de palito, com os outros tipos de sorvete como o gelato é a questão do nivelamento de ingredientes específicos (água, açúcar, gordura e aditivos alimentares).

Essa diferença permite que um sorvete de morango, por exemplo, dure mais tempo do que um gelato de morango.

A quantidade de açúcar ou a escolha por sacarose/mel também faz com que o sorvete nunca chegue a virar uma bola de gelo, uma vez que seus emulsificante ressaltam o sabor e a consistência do sorvete. É por isso que você pode tomar um sorvete de limão com a mesma textura e consistência de sabor que um sorvete de flocos.

Já os agentes de espessamento ajudam a facilitar o congelamento, exigindo que o sorvete seja mantido em ambientes com temperaturas entre -20°C até -25°C.

O que é melhor?

Se com tantas opções já fica difícil escolher um só sabor de sorvete, é impossível definir de forma justa qual dos dois tipos de sobremesa é melhor em questão de sabor.

Tudo vai depender das preferências e experiências de cada um com tais produtos, mas não podemos negar que são irresistíveis!

Seja sorvete de pote, sorvete de massa na casquinha, sorvete picolé, gelato, sorbet, semifreddo ou frozen yogurt, não dá para dizer que são dispensáveis e indiferentes no mundo. Afinal, quem não gosta de um sorvete?

É interessante lembrar que todos esses e outros tipos de alimentos que devem ser conservados em baixa temperatura podem ser consumidos no frio, até porque não são eles que provocam doenças como gripe, dor de garganta ou resfriado – o problema responsável por isso é a baixa imunidade.

Para ninguém ficar de fora, já é possível até tomar sorvete sem lactose e as possibilidades dessa categoria vão desde opções mais simples como sorvete de coco, um sorvete de maracujá e o famoso sorvete de baunilha até opções como o sorvete de leite condensado, o unânime sorvete de chocolate e o delicioso sorvete napolitano.

As opções não acabam por aí, aliás, existem muitas mais (até onde a criatividade e as técnicas culinárias permitirem). É interessante até tentar viver um dia de chef e começar a tentar montar pratos ou recriar receitas com sorvetes!

Ficou com água na boca, né? Então fique a vontade para ir atrás do seu sorvete, agora tendo mais informações e podendo escolher a melhor opção para o seu momento!

Recomendamos que verifique a tabela nutricional e quais são os ingredientes para saber o que de fato você está consumindo – não só com os sorvetes e gelatos, mas qualquer produto que for ingerir. Isso é importante principalmente para quem tem problemas de saúde, está de dieta ou tem alergia a alguns tipos de alimentos.

Lembre-se que o acompanhamento médico não é dispensável!