De acordo com o sindicato, os desligamentos foram realizados de maneira “desumana” e “arbitrária”. Companhia aérea já se posicionou