Ricardo Fazzini anuncia saída da pasta de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela

O secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela (SP), Ricardo Fazzini, deixa a gestão da pasta. A comunicação havia sido feita no início do mês, durante a WTM Latin America, e o pedido de exoneração foi apresentado para a Prefeitura Municipal ontem (18).

Após dois anos e quatro meses de dedicação à Secretaria, Fazzini optou por se desligar da administração por motivos pessoais, além de estar à frente de novos projetos em outras esferas. “Avançamos muito, hoje Ilhabela é altamente respeitada no cenário nacional”, comemora.

Com uma iniciativa inovadora, promoveu a ampla participação da sociedade civil e do trade turístico nas ações do setor. Fazzini defende que o trade precisa ter autonomia para que o turismo não sofra as intempéries da política e troca de gestões. “Assim como fui indicado pelo trade para este cargo, espero que o prefeito Márcio Tenório considere a opinião de quem faz o turismo na cidade para nomear o próximo secretário”, disse.

Principais conquistas

Ao longo de sua gestão, Fazzini focou as ações da Secretaria em um longo planejamento participativo, com base no plano de governo e no Plano Gestor de Turismo, promovendo Ilhabela como destino turístico no Brasil e no mundo. Como secretário, trabalhou arduamente com o intuito de otimizar resultados nas diversas áreas do setor, como oferecer à cidade um planejamento conciso e eficiente com soluções na mobilidade, sustentabilidade e economicidade.

O ex-secretário buscou combater a sazonalidade trabalhando um calendário integrado com as secretarias de Cultura e Esporte. Reduziu radicalmente gastos com estruturas, tendas e sonorização de eventos, que caiu para um quarto do valor ajustado pela administração passada. Ampliou a oferta de cursos de capacitação profissional triplicando o número de vagas. Resgatou o posicionamento do Sebrae Aqui, colocando o posto de atendimento de Ilhabela como líder do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira.

Atração de eventos e participação em feiras

Fazzini aumentou a exposição do município participando de 37 feiras entre eventos nacionais e internacionais. Aproximou o relacionamento da Secretaria com importantes órgãos, como a parceria com o Parque Estadual de Ilhabela, com um convênio para aparelhamento técnico, instalações e recursos humanos, também a valorização do Carnaval e as entidades carnavalescas de Ilhabela.

A administração da pasta também foi marcada pelo resgate do Race Village na Semana Internacional da Vela, movimentando o evento, atingindo recordes no mês de julho e garantindo emprego e renda para a população, assim como o fortalecimento do Festival do Camarão e a realização de uma verdadeira vila gastronômica.

Vale ressaltar também a conquista do Fórum Braztoa, que aconteceu no destino em 2018, reunindo grandes nomes do turismo brasileiro e internacional. Neste ano, Ilhabela sediará a 16ª edição do Abeta Summit – Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura, que espera aproximadamente 400 participantes do segmento de diversas partes do País e do exterior.

Reforço em cruzeiros

À frente da Secretaria, se empenhou na retomada dos cruzeiros marítimos, elevando o número de escalas de 37 para 65, passando de 122.781 para 268.811 passageiros. Também conquistou paradas de navios que não vinham antes ao município, oferecendo qualidade na estrutura de recepção para atrair novos cruzeiros e novas companhias.

“Fazzini é uma autoridade no turismo, não só por sua experiência no setor privado como no público, tem conexões com todo o trade, entidades e todas as instâncias de governo. A gente tem que agradecer tudo o que ele fez pelo turismo, em especial pelo setor de navios de cruzeiro na ilha. Estamos retomando o crescimento do setor no Brasil nos últimos dois anos, e ele participou justamente nesses anos de retomada, que foi de grande importância para nós”, disse Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), Marco Ferraz.

Outro mérito de sua atuação foi a elevação da cidade para a categoria “A” na classificação no mapa dos destinos do Ministério do Turismo, tornando Ilhabela referência para o turismo regional, estadual e nacional. “Meu legado para a cidade é o planejamento do turismo com projetos e programas, criação de equipamentos turísticos que, até 2021, deixarão Ilhabela marcada na história como destino sustentável social, ecológica e economicamente”, afirma Fazzini.

Trade lamenta

Michael Coleman, presidente do Ilhabela Convention & Visitors Bureau, se manifestou contra a saída. “Nos últimos dois anos ele realizou um bom trabalho, pois conhece o turismo e é muito inteligente. Estamos preparando o Abeta Summit, um evento que ele trouxe para a cidade, e se encaixa com o novo rumo de turismo sustentável de Ilhabela. É um momento ruim para a saída, principalmente depois da Missão Gramado, quando fomos estudar o modelo de sucesso da gestão de turismo da cidade gaúcha, com a liderança de Fazzini na análise da estrutura desse modelo para Ilhabela. Espero que o prefeito Márcio Tenório escolha um profissional igualmente qualificado”, afirma.

Rafael Moraes, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ilhabela, também lamentou a saída. “Fazzini tem uma formação técnica incrível.Temos trabalhado em parceria e vemos o empenho dele com o planejamento do turismo, sem fazer algo que seja populista e, sim, palpável para a sustentabilidade econômica, social e ambiental da cidade. A saída dele é vista como uma perda muito grande. Espero que o prefeito escolha alguém que consiga dar continuidade ao trabalho”.

Fazzini agradeceu a oportunidade e o apoio dos demais secretários durante o período em que esteve à frente da Secretaria. “Agradeço também a toda minha equipe e a grande chance de ter aprendido muito com eles, por fim a paciência de minha família pelo tempo que deixei o convívio com eles para me dedicar a cidade”, conclui.

O prefeito Márcio Tenório agradeceu e elogiou a atuação de Fazzini. “Agradeço todo o empenho e dedicação do Ricardo, um amigo e parceiro que contribuiu muito para os avanços econômicos em nosso município”, enfatizou o chefe do executivo de Ilhabela.

Tenório também destacou que, hoje, Ilhabela é referência para o turismo. “Ao longo de sua gestão, Fazzini focou as ações da Secretaria em um longo planejamento participativo, com base no plano de governo e no Plano Gestor de Turismo, promovendo Ilhabela como destino turístico no Brasil e no mundo”, concluiu.

O post Ricardo Fazzini anuncia saída da pasta de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.