Primeiro A330-900neo da Azul realiza voo comercial inédito a Pernambuco

A Azul Linhas Aéreas realiza, neste sábado (1), o primeiro voo comercial com a aeronave A330-900neo. O avião chegou ao Brasil em meados de maio e decolou de do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, com destino a Recife, no Pernambuco. A escolha por Recife como primeiro destino a receber o avião se deu pela distância e pela necessidade de familiarização.

A aeronave é a primeira de cinco encomendada pela companhia e voa até mil quilômetros a mais que o A330 clássico. Até o final do ano, a área deverá receber a segunda. Todas as cinco deverão chegar no segundo semestre de 2020, conforme afirma Marcelo Bento, diretor de alianças da Azul Linhas Aéreas. Ainda de acordo com o executivo, a aeronave substitui a aposta que seria dada ao A350, que deixou de ser encomendada por uma questão estratégica.

Marcelo Bento, diretor de alianças da Azul Linhas Aéreas

“É uma aeronave muito maior, mas decidimos não apostar em tamanho e, por isso, decidimos ficar com o A330-900-neo, que nos dá uma maior garantia de ocupação” declara o executivo. O profissional ainda reforça a importância de quebrar o paradigma de que a companhia deve ter um único modelo de aeronave na frota e contar com uma diversidade maior.


LEIA MAIS:
+ Azul amplia voos em Pato Branco (PR) após certificação da Anac
+ Accor Hotels e Azul anunciam parceria em programas de fidelidade
+ Azul cresce na ocupação doméstica e cai em internacional em abril

O avião, com capacidade para transportar até 298 passageiros, 27 assentos a mais do que os atuais A330 e até 50 mais lugares do que a primeira versão do A330, foi a primeira aeronave entregue pela Airbus a uma companhia das Américas. Antes da Azul Linhas Aéreas, apenas a Tap havia recebido o avião da nova geração.

A nova aeronave, que conta com três opções de assentos – Azul Business, Economy Extra e Economy foi projetado para consumir de 15% a 18% menos combustível por assento se comparado com a atual frota, conforme aponta Bento. Além disso, o diretor de alianças aponta que ter um motor novo e asas com modelos aerodinâmicos dão o prazer de contar com menos ruídos.

José Jacques Gogoy Filho e João Marinheiro comandam a aeronave

Para aqueles que não conseguem ficar desconectado, é importante saber que a aeronave possui a estrutura de conectividade completa, contudo, ainda não disponibiliza internet a bordo até o momento. “Estamos primeiro procurando a internet ideal, estudando exatamente como vai ser. Mas podemos garantir que se trata de um avião super conectável”, se orgulha Bento.

A aeronave será responsável por cumprir os voos internacionais da Azul para a Europa e Estados Unidos. De acordo com Bento, é um voo que não foi feito para operações com menos de quatro horas de duração. Orlando será o principal foco neste primeiro momento, sendo o destino que recebe, pela primeira vez, a aeronave, que está previsto para partir de Campinas na próxima sexta-feira (7), quatro dias após inaugurar seu voo à Porto, em Portugal. Até o fim do mês, também está prevista a inclusão na rota para Lisboa, em Portugal.

Confira alguns espaços disponíveis na aeronave:


LEIA TAMBÉM:
- Azul inicia venda de operação sazonal entre Fortaleza (CE) e Juazeiro do Norte (RN)
- Azul anuncia saída da Abear e representará seus interesses de maneira direta
- Azul lança versão teste de novo app e clientes poderão dar sugestões

O post Primeiro A330-900neo da Azul realiza voo comercial inédito a Pernambuco apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.