Acetato em restaurantes

O que os restaurantes podem fazer para serem ecologicamente corretos

Nos dias de hoje, a sustentabilidade é um ponto muito importante a ser considerado, tanto na vida corporativa quanto no lado pessoal. No entanto, existe um setor onde o ser ecologicamente correto é crucial: os restaurantes.

Conhecidos pelo uso, muitas vezes exagerado, de materiais em plástico e outros itens altamente poluentes, esses locais vem desenvolvendo ações para se tornarem estabelecimentos ecologicamente corretos.

Você tem um restaurante e se preocupa com a preservação do meio ambiente? Sabe o que fazer para tornar o seu restaurante um lugar de preocupação e preservação da natureza?

Para ajudar aqueles que querem se adaptar a essa visão de mundo e corrente de pensamento, elaboramos um texto com algumas dicas que poderão lhe ajudar na empreitada. Confira.

Escolha dos materiais corretos

Para manter a pegada ecologicamente correta, um restaurante precisa, antes de tudo, utilizar os materiais corretos, que preservam a natureza, em lugar de destruí-la.

Na hora da reforma, por exemplo, o uso de painéis que não requerem argamassa ou que deixam poucos resíduos quando colocados são o primeiro passo para quem quer proteger a natureza com seu restaurante.

No dia a dia, o uso de embalagens e utensílios que possam ser reaproveitados também é uma ideia a ser considerada. Em lugar do plástico, utilizar itens em acetato ajuda a diminuir os efeitos nocivos ao meio ambiente dos resíduos que seu restaurante produz.

Acetatos podem ser reutilizados
Acetatos podem ser reutilizados

Guardanapos reciclados também são uma boa pedida, já que eles não precisam ser descartados após um único uso, como ocorre com os de papel.

Na hora de fazer a comunicação de seu restaurante, opte por folders, cartazes e outros itens confeccionados com materiais recicláveis, assim você diminui a quantidade de itens a serem jogados fora.

Outra iniciativa interessante é o uso do papel semente. Além de servir para os avisos e confecção de cardápios, ele pode ser utilizado para repovoar a flora, depois que não servir mais.

Evite o desperdício de água

O uso da água é um ponto que pode fazer um restaurante deixar facilmente de ser um empreendimento sustentável. Para não cair nesta armadilha, além de economizar na utilização desse recurso natural tão precioso, é preciso adotar outras práticas.

Por exemplo, o uso de cisternas para o armazenamento de água permite que você capte a água vinda, por exemplo, da chuva, e a utilize para a limpeza de áreas externas do local, eliminando assim o desperdício de água potável.

Dentro do restaurante, você pode utilizar recursos que economizam água, como mecanismos que acionam as torneiras com os pés, sensor de movimento nas torneiras ou, ainda, uma válvula que seja capaz de reduzir o volume de água utilizado na descarga dos banheiros.

Gerencie a compra e a produção de alimentos

O momento da compra e da produção dos alimentos costuma ser muito tenso para quem tem um restaurante, porque é nessas ocasiões que, muitas vezes, os desperdícios começam e se agravam.

Então, na hora da compra, por exemplo, dê preferência a comprar com produtores locais, escolhendo sempre os itens da época, pois estes não precisarão ser importados, reduzindo assim seu custo.

Verificar o cuidado com o meio ambiente praticado por seu fornecedor também é importante. Fique atento à etiquetas que mostram o cuidado destes com a sustentabilidade.

Já para a produção de alimentos, sempre que possível prefira métodos artesanais. Além de dar mais qualidade e sabor às refeições que você produz, essa atitude reduzirá o impacto ao meio ambiente de uma produção exagerada e quem sempre é utilizada.

Gerencie a produção de resíduos

A produção de resíduos é um problema comum nos restaurantes e algo que, se não for bem administrado, pode causar tanto prejuízos financeiros ao estabelecimento como ambientais.

Por isso, para diminuir a quantidade de resíduos gerados, você pode aplicar pequenas mudanças em seu restaurante, como o uso de jarras para servir água em lugar de garrafas de plástico.

Como se sabe esse produto é altamente poluente e leva décadas para que seja totalmente decomposto. Até lá, é comum encontrá-las contaminando rios, lagos e florestas.

Outra saída que pode ser adotada é o uso da compostagem para os resíduos orgânicos, como a casca de frutas e legumes ou o resto de alimentos servidos em seu restaurante.

O húmus, resultante desse processo, pode ser utilizado como fertilizante tanto em uma pequena horta plantada no restaurante, como em sua própria casa ou de algum conhecido.

Por fim, mudar sua política de pratos, oferecendo a opção de que seus clientes comprem pequenos pratos pode acabar com o desperdício de comida, aumentando seus lucros e deixando seus clientes bastante satisfeitos.

Com essas dicas, seu restaurante não só vai vencer o desperdício como a natureza vai lhe agradecer, afinal você conseguirá deixar de desperdiçar e poderá investir o dinheiro economizado na melhoria do negócio ou mesmo sua ampliação.