Ministério do Turismo reforça candidatura dos Cânions do Sul como Geoparque da Humanidade

Na última semana, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, esteve na sede da Unesco em Paris, para defender a candidatura dos Cânions do Sul, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina, como geoparque da humanidade. Seria o primeiro parque do mundo em atrativos naturais pelo Fórum Econômico Mundial.

Nosso primeiro geoparque catalogado pela UNESCO na Rede Global de Geoparques foi a Serra do Araripe no Ceará. Esse reconhecimento é essencial para que o turismo seja potencializado na região. Atualmente, os Cânions do Sul recebem cerca de 500 mil visitantes ao ano, com essa popularização, o governo prevê um salto para 3 milhões de pessoas ao ano. Um laço entre a conservação da natureza e o desenvolvimento sustentável da região. O turismo responsável é a grande preocupação da entidade internacional.

Nessa mesma missão em Paris, o ministro defendeu a candidatura de Paraty como patrimônio misto da humanidade – natural e histórico. Outra petição diz respeito a festividade do Bumba meu boi do Maranhão como patrimônio imaterial da humanidade.Canions de Cambará do Sul

O post Ministério do Turismo reforça candidatura dos Cânions do Sul como Geoparque da Humanidade apareceu primeiro em Viajante HU | Dicas de Viagem, Roteiros Nacionais e Internacionais.