Ao menos 11 países e 10 companhias aéreas decidiram suspender todas as operações com o Boeing 737 Max 8 após segundo acidente em 5 meses