Star Wars Galaxy’s Edge é, sim, a grande novidade do ano para a Disney. Mas as estreias não se limitam à abertura da área temática de Star Wars. Conversamos com Luiz Araújo e Paula Hall – respectivamente gerentes de vendas e relações públicas para o Brasil da Disney – que destacaram as estreias, reforçaram a importância dos agentes de viagens e projetaram um crescimento para o ano que pode superar os 30% obtidos em 2018.

O executivo acrescentou que o resultado reflete o êxito das constantes capacitações realizadas pelo grupo com as operadoras seletas. “Crescemos 30% no mercado brasileiro em 2018 e ficamos muito animados com o resultado. Agora, estamos na metade do nosso ano fiscal e notamos o mesmo ritmo, com a mesma expectativa de aumento. Vemos as operadoras cada vez mais preocupadas em oferecer conteúdo que ajude o agente a criar a melhor experiência possível para o passageiro”, comemorou Araújo.

Esse planejamento, segundo lembra Paula, é crucial para que o visitante consiga fazer tudo o que deseja dentro dos complexos Disney em Orlando e na Califórnia. Especialmente nas áreas com a temática Star Wars que serão abertas no final de maio, em Disneyland. “Quem estiver no parque da Califórnia da abertura até a segunda quinzena de junho terá de reservar horário para conhecer Star Wars Galaxy’s Edge”, reforçou a executiva, lembrando que quem planeja com antecedência tem mais chances de conseguir.

A abertura da área temática no Disney Hollywood Studios está confirmada para final de agosto. “A proposta é imersão. Não é apenas uma cena de filme atrás, é toda uma cenografia que coloca o visitante em uma outra galáxia e já faz da área uma atração”, adianta. Araújo acrescenta que a lojinha de merchandising também deve atrair as atenções dos fãs da saga. “Além de itens exclusivos, haverá a possibilidade de você montar seu androide do jeito que quiser para levar para casa. Assim como nos filmes, tudo estará à venda por um vendedor alienígena que só faz as negociações com base em pechincha”

Rumo aos 50 anos

Até 2021, ano em que o Magic Kingdom completa 50 anos de abertura, Paula garante que o grupo terá muitas novidades. “Guardiões da Galáxia e um novo restaurante espacial em Epcot, e o novo show de fogos que vai ‘arrebentar a galáxia’. Isso sem falar nas aberturas do Disney Springs, dos cruzeiros Disney que incluem itinerários temáticos como ‘Star Wars Day at Sea’ e ‘Marvel Day at Sea; e do Skyliner que vai conectar quatro resorts Disney ao Epcot e ao Hollywood Studios, oferecendo outra opção de transporte”, enumerou Paula.

Com tanta novidade, um dos desafios da equipe é exatamente comunicar as estreias e mudanças de operação, sem confundir a cabeça dos viajantes. “Além de estarmos bem próximos dos operadores, temos conversado com linhas aéreas para entender como podemos ajudar ainda mais”, finalizou Araújo.

O post Disney projeta crescimento acima de 30% no Brasil em 2019 apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.