O setor de cruzeiros injetou R$ 10 milhões na economia do Amazonas. O número, aliás, refere-se à temporada 2018/2019, com a chegada de 12 navios no estado. Além disso, outras três embarcações ainda deverão atracar nos portos amazonenses.

De acordo com a presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Roselene Medeiros, a vinda dos turistas para o estado impacta na cadeia produtiva do turismo. Gerando, assim, emprego e renda para a capital e interior.

“São quase três milhões de dólares injetados no estado com a vinda dos cruzeiros. E isso movimenta toda a cadeia, com os prestadores de serviço turísticos. Porque o visitante vai conhecer nossos pontos turísticos, as nossas comunidades ribeiras, gerando renda e emprego a todos envolvidos na cadeia. Por dia, cada turista gasta em torno de US$ 100, injetando recurso na nossa cidade”, disse a presidente.

LEIA MAIS:
+ Amazonas espera receber 60 mil turistas neste mês
+ O mundo das águas do Amazonas
+ Saiba tudo sobre a temporada de cruzeiros 2018/2019 no Brasil

Segundo Roselene Medeiros, a comunidade da Boca da Valéria, em Parintins, vai receber ações da Amazonastur para fortalecer o turismo da região. “O cruzeiro Veendam passou pela Boca da Valéria, que é um atrativo a mais de Parintins. E nós vamos preparar a comunidade para a próxima temporada de cruzeiros”, afirma.

Entre as iniciativas, estão os dar cursos para os piloteiros, os artesãos e todos os envolvidos na cadeia. De forma que, assim, o atendimento seja de excelência, garantido emprego e renda naquela comunidade.

Vale destacar que a temporada 2018/2019 terminará no dia 6 de abril. O Seabourn Quest deverá levar aproximadamente mil turistas ao Amazonas.


Leia também:
Bahia intensifica ações para incremento da temporada de cruzeiros
MTur divulga nova lista de alunos para visitas técnicas em cruzeiros

O post Cruzeiros injetam R$ 10 milhões na economia do Amazonas apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.