O inverno chegou e junto com as baixas temperaturas, Campos do Jordão torna-se um dos principais destinos do país nesta época do ano. Afinal, quando os termômetros caem, os turistas sobem a serra em busca do charme e da beleza que a estação proporciona. E a cidade se transforma para receber seus visitantes.

Cerca de um milhão e meio de pessoas são esperadas na estância durante os meses de inverno, a maioria delas no mês de julho. Segundo levantamento da prefeitura, em 2014 pouco mais de 400 mil frequentaram a cidade durante a alta temporada, número que vem crescendo anualmente. Para atender a demanda, a expectativa da Secretaria de Turismo é da geração de até 900 empregos diretos na rede hoteleira e no comércio.

LEIA MAIS
+ Festuris Gramado 2019 apostará em casamentos e águas termais
+ MSC tem programação de Natal em diversos cruzeiros; veja
+ Resorts: Negócio garantido para Natal e Réveillon

Parque da Floresta Encantada: Uma viagem ao mundo infantil

No caminho para o Pico do Itapeva existe um mundo onde a fantasia se materializa. Em uma área de 12 mil m² cercada pelo verde predominante, as casinhas inspiradas em contos infantis chamam a atenção. Cada uma delas é decorada com peças e objetos característicos das fábulas clássicas do universo lúdico, onde é possível adentrar e visitar os cômodos.

Nos finais de semana, os monitores trabalham fantasiados. Com isso, a Branca de Neve, a temida bruxa, os gnomos e outros personagens ganham vida e saem das páginas dos livros para interagir com os pequenos. Até mesmo os adultos voltam à infância ao relembrar as narrativas que ouviam quando crianças.

LEIA MAIS:
+ Investe Turismo contempla rotas conhecidas em Salvador (BA);conheça
+ Municípios amazonenses são contemplados com ação Investe Turismo
+ Mato Grosso do Sul recebe o programa Investe Turismo

Passeio de Bondinho

 Quem não gosta de sentir um friozinho na barriga? Essa sensação é inevitável durante o passeio de bondinho, que percorre os bairros do Capivari até o Portal. Realizada diariamente, inclusive nos feriados, a viagem tem duração de 50 minutos.

A partir de Pindamonhangaba também é possível passear pela estrada de ferro, em uma viagem realizada em um trem de subúrbio que acontece de segunda a sábado. Aos finais de semana, uma composição mais moderna entra nos trilhos para oferecer maior conforto aos passageiros. O percurso vai até o balneário de Piracuama, onde um riacho forma piscinas naturais muito frequentadas nas épocas mais quentes do ano.

Férias radicais

Os amantes da adrenalina também têm lazer garantido em Campos do Jordão. Para quem gosta de curtir a natureza e sentir fortes emoções, o Tarundu é indispensável. Trata-se de um centro de lazer e entretenimento com mais de 33 atividades ao ar livre e em contato direto com as paisagens da Mantiqueira.

Localizado a 1700 metros de altitude, o Tarundu oferece brinquedos para adultos e crianças. Há também uma área indoor que garante a diversão inclusive nos dias chuvosos.

Uma das atrações oferecidas é o escorregador gigante chamado de Turbo Insano. Outras atrações ficam por conta da Boia Cross, onde é possível deslizar 100 metros morro abaixo e a Orbit Ball, uma bola inflável comporta até duas pessoas e desce uma ladeira.

O complexo também oferece um circuito de arvorismo, com tirolesas que cortam a floresta de Araucárias a 50 metros de altura.  Se preferir conhecer a cidade por outro ângulo, o Tarundu também disponibiliza passeios de balão.

Aventoriba: experiências em meio à natureza

 Quem gosta de contemplar a natureza, mas prefere não sentir tanto a adrenalina à flor da pele, pode vivenciar uma experiência com emoção na medida certa. Assim é o Aventoriba, nome dado às expedições promovidas pelo Hotel Toriba aos seus hóspedes e também ao público em geral.

O passeio é feito pelas trilhas que levam a cenários paradisíacos. O roteiro é programado por uma equipe de guias que acompanham os participantes. Os caminhos sempre envoltos em muito verde encantam e despertam a curiosidade e, como numa aula prática de ecologia, também proporcionam conhecimento sobre o ecossistema da região.

O passeio é indicado para pessoas entre 15 e 60 anos de idade. É preciso também estar em boas condições físicas porque as caminhadas são longas, com mais de 8 km de extensão, e não há acesso a carro de apoio.

Museu Felícia Leirner

 “Em minha primeira visita a este lugar antevi flores silvestres misturando-se à música tocada no auditório, numa viagem por caminhos pontilhados por minha escultura”. Com essa frase, Felícia Leirner descreveu o sonho de criar o museu em meio à natureza. Em 1978 a artista conseguiu realiza-lo. São 350 mil m² de área preservada, onde suas esculturas interagem com Araucárias, Pinhos Bravos e outras árvores nativas da mata Atlântica.

O percurso principal tem 900 metros de extensão, sendo 300 metros acessíveis para os cadeirantes. Em todo o trajeto existem placas com legendas das obras escritas em braile. Seis monitores, quando solicitados, podem acompanhar os visitantes, inclusive grupos e excursões. Vale a pena visitar este jardim de esculturas no quintal do auditório Cláudio Santoro, onde atualmente abriga o principal palco do Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Estas são apenas algumas sugestões de atividades para curtir a temporada de férias durante todo o mês.

Leia também:
– Hotel Selina chega ao centro cívico de Bariloche; conheça
– Azul voará regularmente de Campinas (SP) para Bariloche
– Operadora Brasileiros em Ushuaia terá roteiros em Bariloche

O post Confira dicas de passeio para as férias em Campos do Jordão apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.