Companhia aérea inglesa estava sem operar rota entre Londres e Cairo desde o último dia 20 devido a preocupações quanto à segurança no país africano