Segundo balanço financeiro, as receitas da região da América Latina aumentaram 5,2%, com aumento de 7,8% na receita unitária e redução de 2,4% na capacidade.