A Azul e a Map formalizaram o interesse de ficarem com os 41 horários de pousos e decolagens (slots) deixados pela Avianca Brasil no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que serão distribuídos pela Anac, até o fim desta terça (30). A Passaredo mostrou interesse em ter 30 slots e a Two Flex, empresa de táxi aéreo, mostrou interesse em 14 operações.

A distribuição dos 41 slots, determinado pela Anac no fim da última semana, ocorreu após a paralisação das operações da Avianca Brasil, que entrou em processo de recuperação judicial desde o ano passado. Assim, a agência determinou que os slots fossem redistribuídos a fim de atender a alta demanda do terminal paulista, que ficou com diversos horários ociosos.


LEIA MAIS

+ Anac: aéreas nacionais transportam recorde de viajantes para o exterior
+ Azul amplia voos em Pato Branco (PR) após certificação da Anac
+ Anac suspende todos os voos do Boeing 737 Max 8

Azul em Congonhas? Entenda o caso

A determinação da Anac, que pode beneficiar a Azul, Map, Passaredo e a Two Flex, bate de frente com o resultado do leilão dos ativos da Avianca Brasil, realizado no início do mês, e que distribuiu uma série de horários em Congonhas entre a Gol e a Latam.

Contudo, com os entraves legais que ainda não permitem que o resultado do leilão seja oficializado, os horários permaneceram ociosos, o que deixou as passagens em algumas das principais pontes aéreas, como a Rio-São Paulo, encarecidas.


Leia Também:

Star Alliance terá tecnologia de reconhecimento facial em 2020; veja
Delta é nomeada Best Place to Work para pessoas com deficiência
British Airways recebe primeiro Airbus A350; confira

O post Azul e Map solicitam os 41 slots de Congonhas; confira apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.