Há três anos a vila portuguesa de Alenquer, que fica a 35 quilômetros de Lisboa, em Portugal, está investindo no desenvolvimento do seu turismo. Pela primeira vez participa da  WTM Latin America para divulgar o destino com foco no enoturismo. A região possui alguns dos mais famosos vinhos brancos aromáticos do mundo, além de reconhecidos vinhos tintos.

Alenquer tem sua própria Denominação de Origem Controlada (DOC), o que significa que o vinho é produzido dentro de uma região específica e delimitada com diversos tipos de controles. Os DOC de Alenquer utilizam castas portuguesas como a Touriga Nacional, a Castelão e a Tinta Miúda  dos vinhos tintos, Arinto e Fernão Pires dos brancos. As uvas internacionais também tem grande repercussão, como  Chardonay,  Cabernet Sauvignon, Syrah e Viognier.

A região tem origem no século 12 e foi lar de cavaleiros medievais. Com cerca de 43 mil habitantes em todo o munícipio – apenas nove mil na vila, a cadeia produtiva do vinho é a sua atividade econômica mais importante.

Rui Costa, vice-prefeito de Alenquer,  conta que o mercado do Brasil é muito importante para essa etapa de desenvolvimento do turismo em Alenquer, visto que o número de brasileiros em Portugal é cada vez maior.. “É uma excelente oportunidade de apresentar um território ainda pouco conhecido e, ao mesmo tempo, Portugal também procura novos destinos para apresentar ao mundo”, afirma.

LEIA MAIS:

+Schultz destaca alta de 17% no trimestre e aposta em mais serviços em Portugal

Em 2018, Alenquer recebeu o título Cidade Europeia do Vinho 2018 pela RECEVIN – European Wine Cities, por sua  forte tradição na cultura do vinho e vinhedo, além  de investimentos em unidades turísticas,

Novos produtos

A partir do final do mês, Alenquer passa a ter um serviço passeios em vans executivas partindo da praça Marquês de Pombal, no centro de Lisboa. Os passeios incluem a visitação em duas vinícolas tradicionais e um passeio pela vila, com degustação de vinhos.

Rui explica que para aqueles que gostam de passeios exclusivos,  o ideal é dormir pelo menos uma noite em uma das vinícolas. “As vinícolas de Alenquer são centenárias, tem 400, 500 anos de história. Não é só uma adega. É uma história de tradição vinícola”, diz.

No ano passado, 1,2 milhões de euros foram investidos em representação, comunicação e eventos ligados ao vinhos, incluindo a produção do Alma do Vinho, o maior festival de vinhos de Portugal.

“Somos o quinto município  de Portugal em número de  vinhas  plantadas, e o terceiro que mais produz vinhos, além do mais premiado internacionalmente Queremos que os brasileiros nos visitem e experimentem o que temos a oferecer. A  Vila de Alenquer é muito romântica e oferece um patrimônio histórico e cultural riquíssimo”, garantiu Costa.

http://www.viveralenquer.pt/

O post Alenquer vem mostrar enoturismo da região de Lisboa apareceu primeiro em Brasilturis Jornal – Tudo sobre o mercado de turismo no Brasil.