O parcelamento pode ser feito em até seis vezes sem juros, mas devem estar dentro das regras impostas pela companhia aérea